Arquivo da tag: museu

Arte no Museu

Num belo dia de junho resolvi levar meus pequenos ao museu sem sair de casa. Procurei na internet por imagens com boa resolução de quadros que já conhecia e imprimi 10 em cartolina branca tamanho A4. Sem nome de autor ou de obra e também sem moldura.

P1040796P1040795

Tirei toda a tralha do hallzinho de entrada do nosso apê (cabides, sapatos, carrinho de bebê), limpei-o, coloquei as imagens nas quatro paredes e bancos no centro para que eles pudessem sentar, como num museu. Tudo isso longe dos olhares deles, que estavam num quarto esperando o museu abrir.

Ao entrarem no recinto, recebiam uma folha de papel com as imagens dos quadros expostos. Ali eles deviam circular as obras que mais gostaram e riscar com “X” as que não gostaram. Meu filho mais velho, que tende muito mais para exatas, gastou somente uns rápidos minutinhos nessa primeira parte. Mas as meninas se deleitaram muito mais. Sentaram, conversaram, trocaram ideias, riram; enfim, levaram mais tempo no na salinha.

Quanto todos haviam terminado, conversamos sobre as impressões de cada um e a participação deles me surpreendeu. Observaram cores, linhas e formas e deram possíveis significados e explicações para o que era retratado. Foi muito bacana.

Para mim, a atividade tinha terminado aí, mas as meninas queriam mais. Pediram casacos para voltarem ao museu vestidas apropriadamente. Quando os dois menores acordaram, as meninas levaram a tarefa deles à frente–eles deviam ver as imagens pequenas e achar o quadro correspondente na parede.

P1040797

Como se não bastasse, elas ainda queriam mais. Reconheceram algumas obras, com a de Van Gogh e de Da Vinci e começaram a me perguntar sobre as outras. Foi aí, então, que me propus a ser guia em um tour de patinete. Nesse pequeno espaço, fiz os pequenos darem voltas e voltas nos bancos em dois patinetes indo e vindo de um quadro para outro para escutarem minhas informações sobre os artistas, as histórias por detrás de algumas obras, e coisas assim. A minha filha do meio correu e imediatamente começou a escrever os nomes nos papeis, por exemplo “van koki”.

P1040809

No dia seguinte, demos molduras de lentilhas e macarrão para duas das obras que eles mais gostaram.