Arquivo da tag: pulos

Circuitos

Circuito é uma das atividades prediletas dos meus filhos. Junto diferentes materiais, os disponho numa sequência legal e estipulo um movimento a ser feito para cada um.

Passinhos para iniciar...

Passinhos para iniciar…

Nas fotos deste post, por exemplo, mostro nosso último circuito. Tudo começava com uma caminhada lenta sobre tijolos. Logo depois, as crianças precisavam deslizar num escorregador e prosseguir correndo sobre uma tábua de madeira, molhando os pés numas vasilhas, pulando como sapinhos sobre um pedaço de plástico-bolha, saltitando dentro de bambolês e espocando balões sentando em cima deles. O final era uma explosão de adrenalina com socos e chutes num boneco de ar (joão-bobão). Pura diversão. Nem sei quantas vezes eles fizerem o percurso…

...mas, depois do escorregador, as coisas aceleram!

…mas, depois do escorregador, as coisas aceleram!

Parada para refrescar os pés.

Parada para refrescar os pés.

Para cada circuito que monto busco incrementar com alguma novidade. No da foto acima foi a inclusão de vasilhas com água para eles molharem os pés. No próximo penso em fazê-los rolar na grama. O interessante é variar na seleção dos materiais e objetos para experimentarem diferentes texturas (duro, macio, seco, molhado, etc) e movimentos (simples, complexo, lento, rápido, etc). Diversão garantida!

Posições da sílabas tônicas com pulos

Depois da apresentação e revisão inicial, começamos a estudar as posições das sílabas tônicas — última, penúltima e antepenúltima. Cortei 3 círculos em emborrachados E.V.A., cada cor representando uma posição. Então, eu dizia uma palavra e ele saltava para o círculo da sílaba forte. Foi divertido!

Vermelho era oxítona, laranja era paroxítona e amarelo era proparoxítona.

Vermelho era oxítona, laranja era paroxítona e amarelo era proparoxítona.

No laranja para "jenipapo"...

No laranja para “jenipapo”…

...e no vermelho para "canguru."

…e no vermelho para “canguru.”

Depois foi a vez das irmãs. Elas brincaram de pular no círculo da cor que eu dizia ou no número do círculo que eu chamava, ou igual a um sapinho–de círculo em círculo, etc.

Memorização de sequência de cores

Já brincamos várias vezes de memorizar sequências de objetos (e.g.: fichas coloridas, formas geométricas, etc). Dessa última vez, resolvi fazer com todo o corpo: pulando em círculos coloridos seguindo uma sequência dada.

Uma vez memorizada a sequência de cores, começa o pula-pula

Uma vez memorizada a sequência de cores, começa o pula-pula

Utilizando giz colorido, desenhei 4 círculos em cores diferentes no chão da garagem de casa, um ao lado do outro. Então, eu dava uma sequência de cores para eles memorizarem (e.g.: rosa, amarelo, rosa e verde). Eles precisavam pular nos devidos círculos na ordem esperada. Comecei com sequências de 3 cores e, conforme eles conseguiam realizá-las, eu acrescentava mais uma cor. Foi bem legal!

A sequência é: azul, rosa e verde. Vai!

A sequência é: azul, rosa e verde. Vai!

Nesse mundo moderno, as facilidades tecnológicas têm nos ajudado a guardar um grande número de informações. Porém, têm prejudicado nossa capacidade de memorização. Na minha opinião, a memória deve ser usada e, se possível, expandida; por isso a exercitamos com atividades como essa. Já pensou a respeito? Comente.