Arquivo da tag: revisão

Números 1-9 numa folha de ação

Furando o papel 5x

Furando o papel 5x

Minha pequenininha de 3 anos está completando os estudos de 1-9 e decidi fazer uma revisão geral na última aulinha do número 9. Tive a ideia (não que seja inédita) de pedir a ela que seguisse as instruções escritas numa folha. As instruções consistiam em realizar determinadas ações conforme a quantidade pedida.

Cortando o papel 7x

Cortando o papel 7x

Colando 6 post-it's

Colando 6 post-it’s

Busquei escolher ações que normalmente não fazemos com as folhas de exercícios. Era mais ou menos assim:

  • Riscar a folha de papel 8 vezes;
  • Beijar a folha 4 vezes;
  • Furar o papel 5 vezes;
  • Cortar a folha 7 vezes; etc.
Beijando o papel

Beijando o papel 4x

O 9 era justamente o que ela deveria escrever 9 vezes. A última era arremessar a folha de papel (já amassada) no ar algumas vezes. Foi divertido! É realmente muito proveitoso unir conteúdos com atividades motoras.

Amassando o papel 1x

Amassando o papel 1x

Todo tipo de linha

Algo bem simples e legal de fazer para apresentar ou rever o tópico Linhas em Geometria ou Artes é usar limpadores de cachimbos (pedaços de arame revestido) e pedir para as crianças mostrarem o que é uma linha reta ou curva, aberta ou fechada.

Minhas filhas me mostrando o que é uma linha reta...

Minhas filhas me mostrando o que é linha reta,…

...linha curva,

…linha curva,…

Minhas filhas me mostrando o que é uma linha fechada...

…linha fechada…

 

...e linha aberta.

…e linha aberta.

Depois das demonstrações, deixei elas brincarem, é claro. E elas criaram um churrasquinho no espeto para mim – limpadores enrolados num lápis!

No dia seguinte, revimos o assunto movimentando mais o corpo. Na garagem de casa, desenhei vários tipos de linhas – retas, curvas e abertas, curvas e fechadas, etc. Então pedi para que eles andassem sobre qualquer linha que atendesse à descrição dada.

Andando sobre uma linha curva aberta...

Andando sobre uma linha curva aberta…

...e sobre uma linha curva fechada.

…e sobre uma linha curva fechada.

Dias depois, para encerrar o assunto, fizemos colagem. Em uma folha de papel, desenhei quadrados, cada um com a indicação de um tipo de linha. As crianças deveriam, então, colar um pedaço de barbante de acordo com o que era pedido.

Pedaços de barbante: cada um no seu quadrado!

Pedaços de barbante: cada um no seu quadrado!

Distribui as atividades ao longo de alguns dias por 2 motivos. Primeiro, para que houvesse melhor retenção na memória, pois sei (na teoria e na prática!) que o descanso cerebral é necessário. E segundo, porque se há alguma dificuldade de compreensão ou de produção, um espaçamento entre as atividades permite que haja tempo hábil para a internalização da explicação ou correção. No geral, organizo as atividades da seguinte maneira: A primeira atividade serve de exposição e prática inicial do assunto; a segunda (realizada num outro dia) oferece reforço ou correção; e na terceira avalio a compreensão e/ou o desempenho dos pequenos. Se vejo que é necessário rever o assunto, reinicio o processo. Tem funcionado.