Arquivo da tag: tabela

Substantivos comuns e próprios em cartas

Continuando nosso estudo sobre substantivos comuns e próprios, elaborei essa outra atividade com duas finalidades: descontração e revisão do assunto.

Outras cartas: quadro ou obra de arte Monalisa, video game Wii ou DS.

Outras cartas: quadro ou obra de arte Monalisa, video game Wii ou DS.

Eis o que fiz. Escrevi diversos substantivos, tanto comuns quanto próprios, em pedaços de papel e arrumei-os como num bolo de cartas.

Meu filho deveria tirar uma carta, rapidamente identificar o tipo de substantivo que ali continha e completar o nome da figura. Portanto, se meu filho tirasse a carta “Ferrari”, por exemplo, ele precisaria completar com um substantivo comum; nesse caso sairia “um carro Ferrari!” Porém, se, ao contrário, ele tirasse um comum, como “fralda”, ele deveria escolher um próprio; nesse caso, ele falou “fraldas Pampers.” No fim da explicação das regras, eu impus um tempo máximo para ele executar a tarefa e, num piscar de olhos, transformei a atividade num desafio. Preciso dizer que ele gostou? Finalizamos preenchendo a mesma tabela da aula anterior, acrescentando novas palavras.

Substantivos comuns e próprios no celular

Para maximizar a compreensão e retenção do conceito de substantivo e a diferença entre os comuns e os próprios, eu fiz duas atividades com meu filho. Aqui mostro a primeira. 

Exemplo de 4 tabs abertas com figuras: uma Ferrari, o Cristo Redentor, o Rio Amazonas e o Homem-Aranha

Exemplo de 4 tabs abertas com figuras: uma Ferrari, o Cristo Redentor, o Rio Amazonas e o Homem-Aranha

Selecionei imagens no browser do meu celular e deixei cada imagem aberta numa página (tab) de modo que eu pudesse ir de uma imagem à outra com facilidade. Um carro Ferrari, o rato Mickey Mouse e o Rio Amazonas são três dentre dez imagens que escolhi. Então, pedi para que ele identificasse as figuras usando ambos os tipos de substantivos. Por exemplo: ao ver a imagem do nosso planeta, ele disse “planeta” sendo o substantivo comum e “Terra” o substantivo próprio. 

Referente à imagem acima ele escreveu: cidade (comum) / Rio de Janeiro (próprio)

Referente à imagem acima ele escreveu: cidade (comum) / Rio de Janeiro (próprio)

Eu o encorajei a dar mais de uma respostas para algumas imagens. Quando mostrei o Cristo Redentor, ele disse “cidade / Rio de Janeiro.” Mas depois que eu perguntei sobre o monumento em si, ele respondeu “estátua / Cristo Redentor, no Rio de Janeiro.” 

Uma vez terminada a sequência de imagens, pedi para ele fazer o mesmo preenchendo uma tabela no caderno. Muito simples, não? Mas somente o fato dele poder manusear meu celular foi o suficiente para despertar seu interesse. Amanhã sai a outra atividade.

Sílabas tônicas e suas posições

Dias depois, relembrando as três possíveis posições, voltamos aos copos para uma atividade de ordenação (não precisa ser necessariamente copos, muito menos descartáveis, pois não serão amassados). Peguei 4 copos, 3 deles iguais e um diferente, cada um representando uma sílaba. Depois, criei uma simples tabela numa folha A4 com as indicações das 3 posições.

Meu filho posicionando os copos para a palavra "fácil"

Meu filho posicionando os copos para a palavra “fácil”…

...e para a palavra "abóbora".

…e para a palavra “abóbora”.

Nessa atividade, após escutar uma palavra, ele deveria posicionar cada copo no seu devido lugar separando as sílabas corretamente e dando atenção ao copo diferente, que indicava a sílaba tônica.

Uma variação da atividade é inverter os papeis: você posiciona os copos e a criança dá um exemplo. Meu filho se sentiu mais desafiado com essa troca de tarefas.