As últimas semanas têm sido desafiadoras para mim porque o final da gestação já começa a pesar. Dores fortes na coluna devido ao peso da barriga de 35 semanas me forçam a passar mais tempo em repouso do eu queria. Nem sempre consigo realizar tudo o que havia planejado para os estudos e semana passada nem consegui publicar as 5 atividades semanais que me havia proposto.

Entretanto, me alegro que meu mal-estar levou a duas coisas positivas. Primeiro, as crianças puderam levar por conta própria algumas brincadeiras que eu havia sugerido. E segundo, eles também tomaram a iniciativa e bolaram suas brincadeiras, algumas bem elaboradas. Compartilho aqui algumas dessas atividades; algumas sem fotos.

3 brincadeiras com uma caixa de papelão

Uma caixa de papelão foi usada primeiramente como um navio pirata. E o adornaram como tal, colocando rolos de filmito ou de papel higiênico como binóculos e cordas com brinquedos nas pontas como âncoras. A inspiração para a brincadeira? Havíamos assistido Piratas do Caribe na noite anterior.

Dias depois, haviam cortado a caixa e organizado um programa do tempo. Meu filho de 7 anos colocou até terno! Ele pegou um pequeno mapa, se colocou atrás da caixa e começou a dizer como seria o clima do dia. Obviamente, registramos tudo em vídeo.

A ideia do programa do tempo levou minha filha de 9 anos a reutilizar a caixa já cortada para um teatro de sombras. Ela e a mais velha, de 11 anos, levaram um tempão preparando as figuras dos personagens e ensaiando o script da história, mas valeu a pena. Eu e os menores nos sentamos em almofadas no quarto com a luz apagada e rimos bastante com uma adaptação bem divertida de Branca de Neve, que passou a se chamar Lucrécia.

Entretenimento cuidando do quintal

Com a ajuda indispensável do pai, os maiores limparam o quintal, reorganizaram seus objetos (bicicletas, patinetes, etc), plantaram flores e montaram o pula-pula. Eis uma lição que sempre vale a pena ser reforçada: trabalhar um pouco para poder usufruir do bem depois.

Trabalho manual

Duas outras atividades que eles realizaram foram bem simples. Uma foi confeccionar quebra-cabeças com figuras de livros velhos ou revistas que eu havia previamente selecionado para atividades futuras e a outra foi montar pulseiras com pedacinhos de canudos. Confesso que dessas atividades eu participei um pouco: cortei, colei papel contact, sugeri o melhor fio para a pulseira, entre outras coisinhas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.