Aqui estão 3 experimentos super simples de fazer com os pequenos, inclusive os bem pequenos. Nenhum material ou substância incomum é necessária, não requerem muito tempo e não oferecem nenhum risco.

Mergulhando objetos em água e observando quais afundam

O primeiro é prever se alguns objetos afundam ou boiam quando mergulhados em água. Escolhi uma folha de espinafre, um palito de fósforo, um limão, um clip, uma moeda e um botão. Eu fiz essa atividade com meus filhos menores de 8 anos e foi um sucesso. Optei por realizar o experimento individualmente, para que todos pudessem mergulhar todos os objetos e observar o resultado de suas previsões.

Para tanto, eu anotava a previsão numa tabela; depois a criança mergulhava um objeto e verificava se ele afundava ou boiava e se conferia com sua previsão inicial. Depois de contar quantos acertos, terminávamos conversando sobre o porquê alguns afundavam e outros não. Muitas boas explicações surgiram: tamanho, peso, que alguns são comestíveis e finalmente que os de material natural eram mais leves enquanto que os de material sintéticos eram mais pesados.

Transferindo água e colher para diferentes recipientes

Minha segunda sugestão é comparar a fluidez dos líquidos com a dureza dos sólidos. Para esse experimento, escolhi 2 coisas bem comuns: água e uma colher.

Coloquei na mesa vários recipientes de vidro (queria que fossem transparentes) de diferentes tamanhos e formas. Enchi um deles com água. E começamos a transferir a água desse recipiente para os outros. A cada mudança, eu perguntava o que tinha acontecido com a água: se ela tinha mudado de alguma maneira. E eles notaram que um pouco caía na mesa e que o restante ficava do “jeito” do recipiente.

Todos queriam ficar nessa de tirar água daqui e por água ali, mas eu não deixei. Demos continuidade ao experimento, agora transferindo uma colher. Eles rapidamente notaram a diferença: a colher não muda nunca nem perde pedaços nas mudanças. Logo pediram para transferir água de novo!

Água e óleo não se misturam

Finalmente, misturamos água e óleo de cozinha num recipiente. Para o experimento ser mais legal, coloquei primeiro o óleo para que ficasse no fundo e depois acrescentei a água. Foi bem bacana observar o óleo ir subindo para a superfície. Eram como que fios de uma gosma. As crianças amaram! E depois, suscitamos as possíveis explicações para o ocorrido.

Nosso dia de ciências terminou assistindo a vídeos no Youtube onde os experimentos são realizados e os fenômenos devidamente explicados.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.